top of page
Buscar

Fórum do Agronegócio Sustentável com Tecnologia e Inovação reúne especialistas para discutir desafios climáticos e soluções para o setor

Evento promovido pelo Instituto Mineiro do Agronegócio Sustentável (IMAS) e a Coocacer, está com inscrições abertas. Programação conecta lideranças, produtores rurais e representantes do agronegócio brasileiro.

Por Comunicação Coocacer





Em um cenário cada vez mais impactado pelas mudanças climáticas, a união de esforços torna-se fundamental para enfrentar este desafio que é global. No setor agrícola esta tem sido uma preocupação constante e seus representantes têm buscado caminhos eficientes para que o agronegócio seja capaz de promover transformações significativas em direção à sustentabilidade ambiental. É por meio destas diretrizes de união e transformação que o Fórum do Agronegócio Sustentável com Tecnologia e Informação, lançado diretamente da COP 28, em dezembro de 2023, pelo Deputado Federal Zé Vitor, será realizado em 29 de fevereiro, a partir das 8h, na cidade de Araguari.


Realizado pelo Instituto Mineiro de Agronegócio Sustentável (IMAS) e a Cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado de Araguari e Região Ltda (Coocacer), e com o apoio do Deputado Federal Zé Vitor; o evento foi idealizado pelo fortalecimento contínuo da produção de café sustentável no município de Araguari, que abriu espaço para aplicar essas diretrizes de maneira mais ampla e efetiva às demais cadeias produtivas do agronegócio, pensando e agindo de forma integrada e organizada para alcance de resultados. Dessa forma, o IMAS assume o pioneirismo de estabelecer metas para a COP30 e a realização do Fórum como um importante momento de união de todos os setores da cadeia agrícola em torno desse objetivo.


A iniciativa visa à construção de uma base sólida de educação para sustentabilidade permanente com responsabilidade, fundamentada em cinco eixos: educacional, ambiental, social, econômico e governança. O Fórum contempla as iniciativas do Projeto Café Sustentável e promove, neste encontro que reúne produtores rurais, representantes do agronegócio, imprensa e poder público, discussões sobre necessidades e soluções sobre como o setor pode agir para reduzir os efeitos do aquecimento global e mudanças climáticas. 


Programação que fomenta o fortalecimento e preparação do setor para o futuro


Em sua primeira edição, a programação reúne um time diverso de especialistas para discutirem os desafios das mudanças climáticas e seu impacto sobre o setor, bem como encontrar soluções para reduzir seus efeitos com a participação efetiva do público reunido. As inscrições, que são limitadas, estão abertas e direcionam-se a todos que estejam de alguma forma envolvidos em atividades do agronegócio, autoridades públicas, entidades, estudantes, pesquisadores, empresários e organizações da sociedade civil.


A programação debaterá, em seu primeiro momento, questões relacionadas ao futuro do ESG (ambiental, social e governança) no agronegócio brasileiro e como viabilizar a sustentabilidade econômica combinada aos pilares ambiental, social e uso da tecnologia. A transição para uma agricultura de baixo carbono e o uso de energias renováveis, bioinsumos e biotecnologia no agronegócio brasileiro, terão um momento especial em um dos painéis. A cafeicultura digital com tecnologias 4.0 será discutida com foco nas oportunidades do mercado para o produtor da Região do Cerrado Mineiro, a primeira a conquistar a Denominação de Origem para cafés no Brasil.


No segundo momento do evento acontecem os painéis simultâneos e neles serão apresentados workshops com temas pertinentes ao momento atual vivido pelo agronegócio com foco em um posicionamento de liderança e protagonismo nas questões sustentáveis. Entre os temas está o Acordo Verde da União Europeia e o alcance da plataforma de Rastreabilidade Cafés do Brasil para o futuro. Os biomas brasileiros também serão temas de debate e discussões sobre sua proteção, uso inteligente e responsável da água, preservação do solo e como aliar pesquisa, tecnologia e inovação no agronegócio e na indústria para sua conservação. Temas como: Projeto Educampo, o Viveiro de Atitude, a Aliança pelo Café Sustentável, os ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável), ESG e Economia Circular, serão debatidos de forma dinâmica e com exercícios práticos no salão principal.


A programação de conteúdo será concluída com o painel que abordará a atuação do agronegócio na COP 28 em Dubai e com a formulação de documento com alinhamento de metas do setor para a COP 30, que será realizada no Brasil, em Belém, em 2025.


O evento será encerrado com happy hour de networking ao fim do dia com atração musical.



Destaque para o protagonismo feminino


A programação dará destaque ao protagonismo feminino no agronegócio com o a realização do primeiro Encontro das Mulheres do Agronegócio na Região do Cerrado Mineiro, sendo este um evento oficial da região que apresentará casos de sucesso na sustentabilidade produtiva, ESG, liderança, produção e na gestão política e mostrará o crescimento, desenvolvimento e conquistas da classe feminina no setor e suas contribuições para um agronegócio alinhado com as demandas do mercado, com as necessidades ambientais, com foco em uma gestão inovadora, colaborativa e criativa.

 

Presenças confirmadas


Além da Senadora Teresa Cristina, que fará a abertura oficial do dia dedicado às discussões, o evento conectará importantes nomes aos participantes, entre eles, o Deputado Federal Zé Vitor, idealizador e apoiador da iniciativa; o Deputado Estadual Raul Belém e demais representantes do poder público que confirmaram presença e compõem a grade de programação.

 

Nomes importantes de lideranças de entidades e organizações do setor também estão confirmados, sobretudo para painéis, debates e workshops. Um dos nomes aguardados é do advogado especializado em tecnologia, escritor, pesquisador, professor e comentarista da GloboNews e Canal Futura, Ronaldo Lemos. Em seu vasto currículo, ele é conhecido pelo grande público pelo programa “Expresso Futuro”, série de documentários sobre tecnologia e exibida pelo Canal Futura e também pelo Fantástico. Ronaldo também sempre se faz presente como comentarista em telejornais da GloboNews em assuntos relacionados à tecnologia, denúncias do Facebook e sobre as mudanças da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), bem como a implantação do 5G no Brasil, sendo um grande contribuidor para a evolução do cenário da tecnologia da informação no país.


Toda a programação poderá ser vivenciada Sala Premium (Garden), em Araguari. As inscrições são limitadas e o primeiro lote, de três que serão ofertados, foi esgotado nos primeiros dias em que foi disponibilizado. De forma totalmente digital, o participante escolhe os momentos que deseja participar e, pela plataforma, realiza a inscrição recebendo o voucher que deve ser apresentado no dia do evento.



Apoio pela sustentabilidade


O Projeto Café Sustentável e o Fórum, contam com apoio oficial do Governo de Minas Gerais, Secretaria de Estado da Agricultura de Minas Gerais, Deputado Federal Zé Vitor; Deputado Estadual Raul Belém; Prefeitura Municipal de Araguari; Prefeitura Municipal de Indianópolis, Ademinas - Agência de Desenvolvimento de Minas Gerais, Região do Cerrado Mineiro e o SEBRAE que é atuante no desenvolvimento do agronegócio. O patrocínio e apoio aos eventos também contam com o envolvimento de várias empresas multinacionais e nacionais, instituições, organizações, veículos de comunicação que, juntos, formam a Aliança pelo Café Sustentável.

______

Informações para a imprensa

Polliana Dias 

(34) 98818-7718 

 

Talita Cristina 

(61) 99157-4504 

246 visualizações0 comentário
bottom of page